Segurança na escada: fique atento!

É comum ouvirmos relatos de pessoas que já caíram de escadas, seja em casa, na escola ou no trabalho. E quando o acidente acontece com uma criança ou com um idoso, as consequências podem ser ainda mais sérias.

Muitas dessas quedas poderiam ter sido evitadas com o uso do corrimão. Por essa razão, nas próximas linhas falaremos sobre a importância da utilização do corrimão e da segurança nas escadas.

Diferente do que muitos acreditam, utilizar o corrimão como apoio para descer ou subir escadas não é coisa de gente velha ou de criança. O corrimão é um item de segurança, independentemente da idade do usuário, e pode salvar vidas.

Muitas pessoas evitam utilizar o corrimão para não diminuírem a velocidade da descida, mas o tempo perdido no caso de uma queda provavelmente será muito maior. Na pressa do dia a dia, é comum ignoramos o corrimão, sem pensar que um erro de cálculo na pisada ou um passo em falso podem causar uma queda que custará dor e transtornos piores.

Outro tipo de acidente comum em escadas ocorre no transporte de cargas, quando normalmente são utilizadas as duas mãos para segurar o objeto, não sendo possível segurar no corrimão. Em situações como essa, o objeto transportado pode obstruir a visão da pessoa, resultando em uma queda. Para evitar acidentes desse tipo, o ideal é transportar cargas pequenas o suficiente para permitir que uma das mãos esteja livre para segurar no corrimão, mantendo a visão livre para enxergar os degraus.

Uma boa iluminação no local da escada é um fator muito importante. Se há uma lâmpada queimada nessa área, ela deve  ser substituída o mais rápido possível. Além disso, uma iluminação mal direcionada e/ou muito forte, em um local que ofusque a visão, também pode causar acidente. Portanto, fique atento a esses detalhes.

Caso o piso da escada seja escorregadio, é indicado o uso de fita antiderrapante na beirada de cada degrau, a fim de evitar escorregões e quedas.

Lembre-se: simples precauções como as mencionadas acima evitam possíveis transtornos e acidentes para você e para as pessoas ao seu redor.

Fonte de pesquisa: www.athelierdocorrimao.com.br

Rubens Fogaça Junior (Colaborador do setor de Segurança do Trabalho, do CEFSA)
Técnico em Segurança do Trabalho

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *