Logo CEFSA

FTT leva 31 trabalhos para o maior Congresso de Iniciação Científica do País


quarta-feira, 05 de dezembro de 2018 às 8:27

A Faculdade de Tecnologia Termomecanica (FTT), teve 31 trabalhos submetidos e aceitos no Congresso Nacional de Científica (CONIC), realizado nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro na UNIP – Campus Cidade Universitária, em São Paulo. O evento é promovido pelo Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (SEMESP) e é considerado um dos mais importantes no meio acadêmico.

“Ao todo, 6 artigos científicos do curso de Engenharia de Computação, 8 de Engenharia de Controle e Automação, 10 de Administração e 7 de Engenharia de Alimentos foram apresentados por 83 alunos nos dois dias de congresso. Os trabalhos foram desenvolvidos por alunos e professores da FTT e estão relacionados diretamente às linhas de pesquisas dos cursos”, comemora Luciana Guimarães Borges, diretora acadêmica da FTT.

Ainda segundo a diretora, “isto é muito importante, pois os trabalhos avançaram a fronteira do conhecimento em diversas áreas, tais como Indústria 4.0, soluções em Tecnologia da Informação, desenvolvimento de produtos alimentícios, inovação em ferramentas de gestão, empreendedorismo social, entre outros. São temas atuais, tendências de mercado, que estão sendo desenvolvidos na teoria e prática dentro da Instituição”.

Os estudantes de Engenharia de Controle e Automação apresentaram projetos relacionados ao uso da tecnologia MPC, mobilização passiva contínua, para recuperação de pacientes na fisioterapia; engenharia reversa para integrar o CAD, desenho auxiliado pelo computador, e CMM, máquina de medição por coordenadas, na indústria 4.0; e criptografia na indústria 4.0.

Aproveitamento de resíduos de beterraba e cenoura para enriquecimento de bolo inglês; um filme ativo biodegradável capaz de incorporar óleo essencial de orégano para utilizar como embalagem alimentícia; e o efeito da temperatura, concentração e Ph na viscosidade proporcionada pela goma Guar foram as principais apostas dos futuros engenheiros de alimentos.

Os alunos do curso de Engenharia de Computação direcionaram seus esforços para o desenvolvimento de uma trava eletrônica para ambientes residenciais e empresariais utilizando a tecnologia internet das coisas (IoT) e aplicativo mobile’; pulseira IoT com aplicações financeiras; e um protótipo de aplicativo mobile para auxiliar deficientes visuais em supermercados.

Alunos do curso de Administração desenvolveram estudos sobre a criação de modelo de liderança para a indústria 4.0; gestão de integração entre instituições de ensino superior públicos e o mercado de trabalho; customização em massa na indústria 4.0; práticas de gestão da produtividade; megatendências em tecnologias de gestão; motivação nos diversos níveis organizacionais; sustentabilidade com foco ambiental na indústria automobilística e inclusão social.

Sob o tema ‘Perspectivas da 4ª Revolução Industrial’, o objetivo do CONIC-Semesp é identificar talentos, estimular a produção de conteúdo científico com potencial para ser viabilizado, como projetos de aplicação prática, e favorecer a criatividade e a geração de conhecimento.

“O congresso é um evento importante pois incentiva o desenvolvimento científico aplicado, abre espaço para os alunos mostrarem seus conhecimentos, além de ser um ambiente propício para network profissional para os mesmos” finaliza Luciana.

A Faculdade de Tecnologia Termomecanica é uma instituição de ensino superior privada fundada em 2002 e que integra o Centro Educacional da Fundação Salvador Arena, instalado em quase 140 mil metros quadrados. O CEFSA conta com laboratórios, salas temáticas, rede de bibliotecas interativas, ginásios poliesportivos, conjunto aquático, campo de futebol, pista de atletismo, estação agroambiental e um teatro com capacidade para 600 pessoas. Oferece bolsas de estudo integrais para os cursos de bacharelado em Administração, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação e Engenharia de Controle e Automação.

A FTT tem por objetivo formar profissionais com pleno domínio das competências e habilidades relativas às suas áreas de atuação e a consciência de cidadania e de participação na sociedade. Para isso, conta com uma completa estrutura educacional, oferecendo aos alunos os mais avançados recursos tecnológicos: uma planta de Processos de Industrialização de Alimentos; um sistema de manufatura integrado por computador – CIM; e laboratórios de automação industrial, informática e gestão.