Pensamento Computacional: Resolução de Problemas e Tomada de Decisão

Pensamento computacional é um processo estratégico para solucionar problemas. O termo surgiu com a publicação do livro Mindstorms: Children, Computers, and Powerful Ideas, em 1980, por Seymour Papert, o qual tratava sobre a importância de se ensinar as noções básicas de computação para as crianças e como isso poderia auxiliá-las a acompanhar a constante evolução tecnológica que se iniciava.

O pensamento computacional faz parte, também, da computação desplugada, que nada mais é do que o ensino da computação sem a utilização de um computador. É estruturado em quatro pilares que sistematizam a resolução de um ou mais problemas e auxiliam na tomada de decisão.

É importante ressaltar, no entanto, que cada problema é único, ou seja, o próprio conceito de problema traz em sua definição o inédito, o extraordinário; portanto, é possível e provável que o método sofra algumas adaptações durante seu uso.

Veja os quatro pilares e um exemplo de aplicação prática.

Decomposição Reconhecimento de padrões Abstração

Algoritmo

É o processo de decompor um problema em problemas menores para facilitar a sua resolução. Um problema pode ser decomposto quantas vezes for necessário até ser solucionado. É o processo de identificar padrões (fatores que se repetem) em problemas, buscando uma solução eficiente. É o processo analítico de eliminar do problema fatores irrelevantes para sua solução, ou seja, focar no que mais importa, bem como entender como essas soluções podem ser reutilizadas em múltiplos cenários. Lembrando que a escassez de informação é tão prejudicial quanto o seu excesso.

 

É o conjunto de instruções cujo objetivo é solucionar problemas em um dado limite de tempo. As instruções devem seguir uma sequência lógica. É o processo final que leva em consideração todos os demais.

 

Aplicação prática:

Exemplo: um cenário bem conhecido por muitos estudantes é quando as provas estão chegando e as matérias se acumulando: isso, sem contar com as atividades e trabalhos que devem ser realizados e entregues. O que fazer para a angústia e ansiedade não tomarem conta de você? Veja uma possível solução:

A resolução de problemas e a tomada de decisão são habilidades cada vez mais valorizadas em um profissional. Recomenda-se, portanto, a leitura do artigo Hard Skills e Soft Skills.

 

Colaboração: Jorge Chaves (Aluno do curso de Administração da FTT)

 

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.