Para nenhum incidente estragar o clima do seu verão, seguem dicas para quem pretende ir à praia com crianças

O verão é considerado a mais querida das estações do ano pela maioria das pessoas, principalmente porque está associado a férias, viagens, divertimento e prazer. Porém, para que esse período seja realmente agradável e não aconteçam surpresas desagradáveis, é sempre bom tomarmos alguns cuidados. Neste artigo, elencamos diversas dicas de segurança, especialmente para quem se programou para curtir uma praia com crianças.

Identifique as crianças

Nos meses de férias, as praias geralmente estão lotadas e nesse aglomerado de pessoas é muito comum as crianças se perderem de seus pais. Por isso, é importante que elas estejam sempre com pulseiras de identificação nas quais devem ser indicados os nomes dos pais, o nome da criança e um telefone de contato.

Proteção na água

O ideal é que as crianças (especialmente as de menor idade) só entrem na água protegidas com boias ou coletes salva vidas, evitando assim que elas mergulhem e se afoguem. Esse cuidado pode evitar também que a criança se afogue caso seja arrastada por uma onda ou por uma torrente de água mais forte.

Não se esqueça do filtro solar

Para curtir a praia ou a piscina com crianças, prefira os horários em que a exposição ao sol é menos agressiva. Pela manhã, antes das 10 horas, e no fim da tarde, após as 16 horas, são os melhores horários. Se possível, leve guarda-sol, chapéu e use roupas com proteção UV.  O filtro solar é indispensável e deve ser repassado a cada duas horas em todo o corpo ou sempre que a criança entrar na água, praticar exercícios ou transpirar em excesso, independentemente de seu grau de proteção.

Evite lugares próximos a embarcações e motos aquáticas

Se observar algum comportamento inadequado por parte dos condutores de algum veículo desse tipo, avise a polícia marítima ou o guarda-vidas de plantão. 

Observe a qualidade da água da praia que pretende visitar

Não entre nem permita que as crianças entrem no mar quando a água estiver imprópria para banho. A água poluída põe em risco a saúde de todos, mas crianças e idosos são ainda mais vulneráveis. Você pode conferir a situação das praias no site da Cetesb.

Mantenha as crianças sempre hidratadas e alimentadas

Reserve um espaço na bolsa térmica para colocar algumas garrafinhas de água, pois a permanência sob o sol aumenta a sede das crianças. E quanto mais geladinha a água estiver, melhor será para manter a temperatura fresca dos alimentos dentro da bolsa. Outro detalhe importante: procure sempre deixar a bolsa térmica debaixo de sombra, o que manterá sua temperatura interna fria por mais tempo.

Bata palmas quando encontrar uma criança perdida na praia

Quando uma criança se perde, o maior problema é que os pais saem para procurá-la, os bombeiros e todas as pessoas passam a se movimentar. Nesse momento, a melhor maneira de ajudar uma criança que foi encontrada é dizer o nome dela em voz alta e bater três palmas. Por exemplo: “Camila perdida!” e três palmas.

A ideia é que as pessoas ao redor repitam o gesto, o que vai facilitar a localização da criança pelos pais.

Fonte de pesquisa: www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br

Rubens Fogaça Junior (Colaborador do setor de Segurança do Trabalho, do CEFSA)
Técnico em Segurança do Trabalho

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *