Logo CEFSA

FACEBOOK CTM   FACEBOOK FTT

Técnico em Metalurgia

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais.
Modalidade: Curso técnico de nível médio, subsequente ao ensino médio.
Carga horária total: 1.200 horas, distribuídas em 400 horas por semestre e prática profissional comprovada de 200 horas.
Duração: três semestres letivos.
Horário: o curso é presencial, desenvolvido no período noturno, de segunda a sexta-feira, das 18h25 às 22h35.
A proposta de criação do Curso Técnico em Metalurgia no Colégio Termomecanica também está em consonância com a Lei n° 10.097 do Programa Aprendiz, por meio do qual os jovens desta faixa etária poderão ser inseridos no mercado de trabalho durante a realização do curso.
Curso gratuito.

Objetivo do curso
O objetivo do Curso Técnico em Metalurgia é formar profissionais de nível técnico na área metal-mecânica para atuação no mercado de trabalho.

Sua proposta básica é formar profissionais com visão ampla e crítica que lhes permita participar ativamente das mudanças da realidade nacional vigente.

Mercado de trabalho
O curso visa atender às demandas das indústrias da região do Grande ABC que atuam na área metal-mecânica. Seu foco principal está voltado para a metalurgia de transformação, incluindo materiais ferrosos e não-ferrosos. Neste contexto, o curso confere conhecimentos científicos, tecnológicos e o desenvolvimento da criatividade para a solução de problemas relativos ao processo de fabricação, tratamento térmico, superficial, meio ambiente e qualidade dos produtos metalúrgicos, preparando o profissional, da melhor forma possível, para o mercado de trabalho.
O técnico em metalurgia encontrará as melhores oportunidades na indústria metalúrgica, atuando, especialmente, no setor de fundição, de conformação e de tratamento térmico. Poderá exercer atividades de orientação e de acompanhamento de todo o processo da produção, visando à racionalização do trabalho e ao controle de qualidade do produto final. Esse profissional é responsável pela verificação do enquadramento da matéria-prima aos padrões estabelecidos pelas normas. Cabe a ele também distribuir o trabalho, comparar as análises e resultados, detectar a presença de impurezas e defeitos, enfim, avaliar as propriedades mecânicas, químicas e físicas do produto final.
O técnico em metalurgia pode atuar em empresas nas quais os metais são utilizados em seu processo produtivo, seja de forma manual ou automatizada, nas etapas de laminação a quente, análise de falha, microestrutura e fases, extrusão, trefilação, forjamento, embutimento, cementação, nitretação, microdureza, têmpera, normalização entre outros.
O setor metal-mecânico envolve variados processos de conformação de peças e produtos e, em grande parte, processos metalúrgicos. Trata-se de um mercado de trabalho bastante estável, sempre à procura de profissionais que demonstrem conhecimento, dedicação e zelo pelo que fazem, sendo que a  maior dificuldade para quem deseja seguir essa profissão está no número muito reduzido de escolas que oferecem esta modalidade de  curso.
Vale ressaltar que em junho de 2009, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC diagnosticou, por meio de pesquisa em parceria com a USCS – Universidade de São Caetano do Sul -, com o SEBRAE nacional e SEBRAE-SP, do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID -, por intermédio do Fundo Multilateral de Investimento (FUMIN) e do Governo da Região de Marche (Itália), por meio do Centro Meccano, uma grande carência de profissionais desta área. Esse estudo apoia-se na pesquisa descritiva, de natureza quantitativa, para levantamento da demanda por serviços tecnológicos junto a uma amostra de 500 indústrias do setor mecânico da região do Grande ABC. Confira os dados.
Sendo assim, o técnico em metalurgia insere-se adequadamente neste contexto regional, principalmente no que diz respeito ao mercado de trabalho.

Competências específicas do técnico em metalugia
O técnico em metalurgia, após a conclusão do curso, deverá ser capaz de:
– Identificar defeitos em materiais metálicos, com a aplicação de ensaios destrutivos e não destrutivos (tração, microdureza, embutimento, etc.);
– Reparar ou substituir elementos mecânicos fabricados com materiais metálicos;
– Realizar balanço de massa para a produção de ligas metálicas;
– Planejar e executar tratamento térmico em materiais metálicos;
– Realizar análise de estrutura e fases em materiais ferrosos e não ferrosos;
– Realizar análise de desgaste e propriedade mecânica dos materiais;
– Desenvolver desenhos de produtos utilizando recursos de computação gráfica;
– Controlar, de acordo com os graus de tolerância estabelecidos, a qualidade de produtos em processos de usinagem, empregando técnicas, instrumentos e aparelhos específicos;
– Assistir tecnicamente profissionais da área de manutenção de equipamentos,  responsabilizando-se por sua higiene e segurança;
– Fazer a especificação de materiais, componentes, equipamentos e sistemas integrados a serem adquiridos emitindo os pareceres técnicos necessários;
– Elaborar relatórios referentes a testes, ensaios, experimentos e inspeções;
– Utilizar recursos de informática como ferramentas de trabalho no dia-a-dia;
– Utilizar conceitos e técnicas de gestão da qualidade e administração da produção;
– Aplicar técnicas de soldagem;
– Realizar análise dos fatores que influenciam na corrosão.
– Realizar trabalhos com ética e cidadania.

O Setor de Orientação Educacional tem como principal objetivo acompanhar o desenvolvimento dos educandos e orientá-los nos diversos aspectos que desenvolvem, entre eles: profissional, comportamental, cognitivo, social e familiar. Este acompanhamento deve auxiliar o docente na construção de um caminho reflexivo e promover seu aprendizado na interação com o meio.

O orientador educacional não é apenas um aplicador de sanções e punições. Ele deve colaborar também com a disciplina da escola, analisando, junto à equipe pedagógica e disciplinar, os problemas inerentes à sua função, sugerindo soluções cabíveis e de caráter preventivo, para que o processo educacional e formativo seja realizado da melhor maneira possível.

O Curso Técnico em Metalurgia dispõe das seguintes instalações nas quais são desenvolvidas as atividades educacionais:
• Salas de aula
• Salas de aula com recursos de multimídia.
• Sala de Desenho Técnico.
• Laboratório de CAD e CAE.
• Laboratório de CNC e CAM.
• Laboratório de Manufatura Integrada por Computador – CIM.
• Laboratório de Automação Industrial e Robótica.
• Laboratório de Eletroeletrônica.
• Laboratório de Metrologia.
• Oficina mecânica, usinagem e soldagem.
• Laboratórios de informática.
• Programas e aplicativos diversos.
• Auditório para palestras.
• Teatro para palestras e congressos.
• Rede de bibliotecas interativas.
• Acessibilidade para portadores de necessidades especiais.
• Laboratório de Ensaios Metalográficos
• Laboratório de Fundição e Tratamento Térmico

Biblioteca
A biblioteca atende, simultaneamente, os alunos do Ensino Médio, do curso Técnico em Metalurgia e do curso superior do Centro Educacional Salvador Arena, tendo em vista sua perspectiva profissional e sua formação permanente. Ela tem como uma de suas propostas fundamentais colaborar nos projetos pedagógicos e culturais dos cursos, trabalhando em parceria com os professores, promovendo campanhas de incentivo à leitura e auxiliando nas pesquisas acadêmicas.
O acervo geral é especializado, composto por livros, folhetos, periódicos, materiais audiovisuais e multimídia, ou seja, materiais voltados à formação profissional contemplada pelos cursos mantidos pela instituição. Os equipamentos, salas de estudo e o atendimento diferenciado viabilizam a autonomia face aos dispositivos existentes.
Todo o material produzido pelos alunos do curso superior (TCCs) ficam disponíveis para consulta na biblioteca.

Atendimento
De segunda a sexta-feira, das 7h às 23h.
Sábados, das 7h às 15h.

O processo seletivo do Curso Técnico em Metalurgia ocorre semestralmente.
As vagas são destinadas aos candidatos aprovados no processo seletivo, que tenham concluído o Ensino Médio e que não tenham curso superior (sem limite de idade).
As informações para os processos seletivos são divulgadas em meados de abril e setembro de cada ano.
Consulte o site regularmente para obter todas as informações desejadas sobre o curso.

Para receber um email de aviso quando as inscrições para o processo seletivo forem abertas, cadastre seu email abaixo:

E-mail: